Sexta, 20 de Maio de 2022
Cidades Patrimônio histórico

Assembleia aprova inclusão da Caminhada da Seca de Senador Pompeu no roteiro turístico do Ceará

A Caminhada acontece sempre no 2º domingo de novembro, desde 1982, como forma de reverenciar as vítimas das secas, mortos – pela fome, sede ou por doenças – nos campos de concentração do município

16/09/2021 às 01h05
Por: Redação
Compartilhe:
Assembleia aprova inclusão da Caminhada da Seca de Senador Pompeu no roteiro turístico do Ceará

A Assembleia Legislativa aprovou hoje, 15, em sessão ordinária, o projeto de lei 360/2021, de autoria do deputado estadual Acrísio Sena (PT), que inclui a Caminhada da Seca de Senador Pompeu no roteiro turístico do Ceará. A Caminhada acontece sempre no 2º domingo de novembro, desde 1982, como forma de reverenciar as vítimas das secas, mortos – pela fome, sede ou por doenças – nos campos de concentração do município, enterrados em vala comum, nas proximidades do açude do Patu.

Oficialmente, ocorreram 1.637 mortes, mas se avalia que o número de vítimas é muito maior devido à subnotificação dos óbitos.

Os corpos dos falecidos eram enterrados, inicialmente, em valas. Depois foi construído o Cemitério da Barragem, local onde são cumpridas promessas e é o ponto final da Caminhada.

“Além do tombamento estadual dos casarões que formam o campo de concentração do Patu, com restauro dos casarões, e lutamos pela criação de uma Unidade de Conservação ambiental no local. Os campos de concentração espalhados pelo Ceará no início do século XX tinham o objetivo de isolar dos demais os sertanejos que tentavam sobreviver à seca do sertão fugindo para a capital”, explica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários